Tabagismo: aumento nas mulheres é preocupante

Estudo "E-Cor"

11 fevereiro 2014
  |  Partilhar:

Os dados sobre o aumento do consumo de tabaco pelas mulheres são preocupantes, de acordo com uma investigadora do Instituto Nacional de Saúde Pública (INSP).
 

"Se tivermos em conta que, em 2008, os estudos da Direção-Geral de Saúde (DGS) apontavam que havia 9,5% de mulheres fumadoras, agora estamos a falar de uma percentagem de 17%. O consumo de tabaco tem dados assustadores", disse à agência Lusa a coordenadora do estudo "E-Cor", Mafalda Bourbon.
 

O estudo que ainda está em curso prevê a análise de uma amostra nacional de 1.700 pessoas, 340 por região, mas, para já, das 1.040 pessoas cujos dados já são conhecidos, 22% são fumadores.
 

De acordo com o estudo, as mulheres no Centro fumam menos do que em qualquer uma das outras regiões: 12% no Centro, 20% em Lisboa e 18% no Norte.
 

"Os dados do tabaco são preocupantes porque, por exemplo, o fumar associado ao consumo da pilula, é explosivo e aumenta muito o risco de ter um AVC em idade jovem (…). E um AVC é muito debilitante", referiu.
 

Mafalda Bourbon refere também que a prevalência de excesso de peso/obesidade é também alarmante. "No geral 65% da população tem excesso de peso ou obesidade, o que quer dizer que das cerca de 1.000 pessoas inquiridas, 650 pessoas têm excesso de peso ou obesidade", disse.
 

A especialista refere que o objetivo do estudo é “produzir dados reais para que depois se possam desenhar políticas de saúde que vão tentar melhorar a realidade. Não é missão do instituto fazer esse caminho porque é a DGS quem faz as normativas das várias áreas. Mas é missão do instituto produzir dados que vão depois ao encontro de estratégias de promoção da saúde".

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.