Tabaco provoca danos genéticos em poucos minutos

Estudo divulgado na revista “Chemical Reserch in Toxicology”

19 janeiro 2011
  |  Partilhar:

O fumo de tabaco inalado pelos fumadores pode provocar, em poucos minutos, danos genéticos que aumentam o risco do aparecimento de cancro, indica um estudo divulgado na revista “Chemical Reserch in Toxicology” e citado pela agência Lusa.

 

O estudo é o primeiro a analisar como é que as substâncias contidas no tabaco podem causar danos ao nível do ADN humano e contou com a participação de 12 voluntários fumadores, através dos quais os investigadores seguiram o trajecto dos componentes tóxicos presentes no tabaco.

 

Os cientistas estiveram especialmente atentos à acção produzida no sangue pela substância fenantreno, encontrada no fumo do cigarro, e constataram que provoca mutações genéticas que podem originar cancro. “Os fumadores alcançaram o nível máximo da substância numa escala de tempo que surpreendeu os próprios investigadores: Em apenas 15-30 minutos depois de os voluntários terem terminado de fumar”, refere o estudo, citado pela Lusa.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.