Tabaco: OMS apela à redução do consumo

Tratado internacional entra em vigor domingo

25 fevereiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

O primeiro tratado mundial para a redução do consumo de tabaco, causa de morte de cinco milhões de pessoas por ano, entra em vigor domingo, anunciou a Organização Mundial de Saúde.
 

 

O Peru foi em Dezembro de 2004 o 40/0 país a ratificar o texto, abrindo caminho à aplicação do tratado aprovado em Maio de 2003 por 192 países membros da Organização Mundial de Saúde (OMS). Até 23 de Fevereiro, o tratado tinha sido ratificado por 57 países.
 

 

O documento, o primeiro tratado internacional em matéria de saúde pública a ser adoptado, visa proibir a publicidade de cigarros, regulamentar a etiquetagem e limitar o consumo de tabaco em locais públicos.
 

 

A convenção tem como objectivo lutar contra a segunda causa de morte a nível mundial, clarifica a OMS em comunicado. «O consumo de tabaco porá um fim prematuro à vida de 10 milhões de pessoas até 2020, se a tendência actual não for corrigida», alerta a organização.
 

 

«É o único produto legal que provoca a morte de metade dos seus utilizadores regulares. Isso significa que de 1,3 mil milhões de fumadores actualmente no mundo, 650 milhões vão morrer prematuramente devido ao tabaco», acrescentou a OMS.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.