Suspensão da Terapia de Substituição Hormonal reduz casos de Cancro da Mama

Estudo norte-americano mostra que a redução varia de 7,2% a 12%

18 dezembro 2006
  |  Partilhar:

 

Os casos de Cancro da Mama nos EUA registaram uma redução de 7,2% em 2003, depois de os médicos terem suspendido a Terapia de Substituição Hormonal (TSH) para o tratamento da Menopausa, segundo um estudo apresentado na semana passada nos EUA.
 

 

Cientistas do MD Anderson Cancer Center da University of Texas, EUA, referem que a redução de casos foi ainda maior (12%) entre as mulheres, com idades entre 50 e 69 anos, que tinham sido diagnosticadas com tumores.
 

Foram analisadas 16 mil mulheres submetidas a TSH.
 

 

Os cientistas informaram que em 2003 foram diagnosticados menos 14 mil casos de Cancro da Mama em mulheres que em 2002, ano no qual a estimativa foi de 203.500 novos casos. "É a maior redução na incidência de Cancro da Mama num só ano", disse o especialista Peter Ravdin, do Departamento de Bioestatística do Anderson Cancer Center.
 

 

No início da década, cerca de 30% das mulheres norte-americanas acima dos 50 anos fazia TSH, mas metade interrompeu o tratamento em 2002, depois da descoberta de um suposto vínculo com o Cancro da Mama, explicou Ravdin.
 

A TSH combate os efeitos secundários da Menopausa e baseia-se na prevenção dos incómodos e problemas de saúde causados pela diminuição da produção de estrogénio.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.