Surto de ébola no Gabão confirmado pela OMS
10 dezembro 2001
  |  Partilhar:

A Organização Mundial de Saúde (OMS) identificou hoje como ébola a febre hemorrágica que matou sete pessoas no Gabão e anunciou o envio de duas equipas de especialistas para ajudar a combater a epidemia naquele país.
 

 

Segundo o porta-voz da OMS em Genebra, Gregory Hartl, em entrevista à BBC Online, trata-se do primeiro surto conhecido desde o ano passado, quando o vírus do ébola matou 224 pessoas no Uganda. Além de tentarem conter a epidemia, os especialistas da OMS vão investigar a origem do vírus.
 

 

Informações não confirmadas divulgadas nos últimos dias referiam um surto de ébola também na República Democrática do Congo, onde 28 pessoas morreram com uma febre hemorrágica, que as autoridades congolesas democráticas garantem que nada tem a ver com a doença.
 

 

Prevê-se que 70 por cento das pessoas infectadas com o ébola - doença para a qual ainda não foi descoberta cura – morra nos próximos dias no Uganda. A epidemia regista-se na remota província de Ogooue Ivindo, no Nordeste do país.
 

 

O Gabão foi atingido por uma epidemia de ébola em 1996/97, de que resultou a morte de 45 das 60 pessoas infectadas pelo vírus.
 

 

Na República Democrática do Congo, os casos de febre hemorrágica registaram-se numa aldeia remota, a 500 quilómetros a leste da capital, Kinshasa, para onde a Organização Mundial de Saúde enviou, na passada sexta-feira uma equipa de biólogos e epidimiologistas.
 

 

Fonte: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.