Surto de dengue atinge Equador

Congo vive situação semelhante mas com ebola

12 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

O governo do Equador declarou esta semana o estado de emergência sanitária em metade do país, com o objectivo de destinar mais recursos e equipamentos para o combate à dengue.
 

 

Desde Janeiro que os casos da doença têm vindo a aumentar e os hospitais do litoral já não têm condições de atender todos os pacientes. Entretanto, já foram registrados mais de 230 casos de dengue, dos quais 12 do tipo hemorrágico, o mais grave. O governo teme que isso seja o começo de uma epidemia.
 

 

A emergência sanitária é uma medida legal que agiliza a entrega de fundos para o combate à doença. De acordo com as autoridades, estas medidas vão vigorar em cinco províncias litorais, em seis da região amazónica e nas ilhas Galápagos, principal destino turístico do país.
 

 

Em 2002, foram registrados no país oito casos de dengue hemorrágica. Segundo os registos, existem cerca de dois milhões de equatorianos que já contraíram dengue clássica, que causa febre e dores, e por isso estão agora expostos à versão hemorrágica.
 

 

Surto no Congo
 

 

Também o Congo vive uma situação semelhante. Os primeiros relatos sobre um possível novo surto na região - a área já foi atingida pelo vírus antes - ocorreram no final do ano passado.
 

 

No momento, dizem as autoridades oficiais, pelo menos 38 pessoas morreram no norte do país em sequência, possivelmente, de um surto de ebola.
 

 

Os doentes e as mortes estão concentrados em duas vilas, Kele e Mbou, que ficam a 800 quilómetros da capital Brazzaville e na fronteira com o Gabão.
 

 

As autoridades médicas do Congo estão a ter dificuldades para determinar se o que está a ocorrer é efectivamente uma epidemia de ebola, dado que a população das regiões atingidas está a resistir à ajuda oficial.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.