Suplementos de cálcio aumentam morte por doença cardiovascular nos homens

Estudo publicado na “JAMA Internal Medicine”

07 fevereiro 2013
  |  Partilhar:

Um estudo conduzido por uma equipa de investigadores do National Cancer Institute, EUA, demonstra que os homens que tomam suplementos de cálcio poderão correr um risco 20% mais elevado de morrerem devido a doença cardiovascular.
 

As pessoas com idades mais avançadas têm tendência a consumirem suplementos de cálcio de forma a proteger os ossos contra o desgaste e a osteoporose. No entanto, segundo Susanna Larsson, professora associada do Institute of Environmental Medicine no Karolinska Institute, em Estocolmo, Suécia, e que não fez parte do estudo, “existem cada vez mais factos que demonstram que os suplementos de cálcio em demasia podem aumentar o risco de doenças cardiovasculares”.
 

A especialista adianta ainda que o paradigma “quanto mais, melhor”, não se aplicará no caso dos suplementos de cálcio.
 

Liderada por Qian Xiao, a equipa responsável pela investigação recolheu dados de 388.000 homens e mulheres, com idades compreendidas entre os 50 e os 71 anos, que tinham participado num estudo sobre dietas e saúde entre 1995 e 1996.
 

Os participantes tinham sido seguidos durante 12 anos, tendo 7900 homens e quase 4000 mulheres morrido devido a doenças cardiovasculares no decorrer desse período. Entre os participantes que morreram, 51% dos homens e 70% das mulheres tomavam suplementos de cálcio.
 

A equipa de investigadores calcula que os homens que tomam 1000 miligramas por dia de suplemento de cálcio apresentavam um risco 20% maior de morrerem devido a doenças cardiovasculares. O risco relativamente a doenças cardíacas era, para este grupo, 19% mais elevado e o de doenças cerebrovasculares 14% superior.
 

Foi determinado que os riscos apresentados não se verificaram relativamente às mulheres. A equipa descobriu ainda que o cálcio ingerido através da dieta alimentar não demonstrou causar riscos acrescidos de morte por doença cardiovasculare em ambos os sexos. No entanto, os investigadores concordam que é necessário efetuar mais estudos relativamente aos efeitos dos suplementos de cálcio em ambos os sexos.
 

Susanna Larsson sustenta que enquanto não são obtidos factos adicionais sobre os potenciais riscos dos suplementos de cálcio, pode-se adotar uma dieta rica em cálcio, procurando alimentos derivados do leite com baixo teor de gordura, feijão e vegetais de folhas verdes, os quais trazem o benefício adicional de proporcionarem vitaminas e minerais essenciais.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.