Sumo de ginjas de Montmorency pode ser eficaz na insónia

Estudo publicado na “American Journal of Therapeutics”

02 novembro 2017
  |  Partilhar:
Um estudo-piloto demonstrou que o sumo de ginjas ácidas de Montmorency promoveu um período de sono prolongado em quase hora e meia em adultos mais velhos que sofriam de insónia.
 
Para o estudo que foi conduzido por uma equipa de investigadores liderada por Jack Losso, docente na Faculdade de Nutrição e de Ciências da Alimentação na Universidade do Estado da Louisiana, EUA, foram recrutados oito homens e mulheres saudáveis, com 50 anos ou mais de idade e que sofriam de insónia crónica.
 
A insónia foi definida como dificuldade para dormir cerca de três vezes por semana. Os participantes foram divididos em dois grupos. Um dos grupos recebeu cerca de 240ml de sumo de ginjas ácidas de Montmorency, uma a duas horas antes de irem dormir, durante 14 dias. O outros grupo recebeu um placebo. 
 
Após as duas semanas, todos os participantes foram submetidos a um estudo de polissonografia. Este exame é considerado como o teste de excelência, que proporciona resultados mais fidedignos em comparação com outros métodos. Assim, este exame torna possível distinguir a apneia do sono da insónia.
 
Durante os 14 dias seguintes, o grupo do sumo de ginja recebeu um placebo e vice-versa, dentro dos mesmos parâmetros.
 
Foi observado que os participantes do grupo que tinham bebido o sumo de ginjas ácidas de Montmorency dormiram durante um período adicional de 84 minutos em comparação com o grupo do placebo. 
 
Este estudo vem da sequência de estudos anteriores sobre os efeitos do sumo das ginjas ácidas de Montmorency sobre a qualidade e quantidade do sono.
 
Embora sejam necessários estudos mais alargados, os autores do estudo estão muito encorajados pelo aumento significativo do período de sono nos participantes do estudo.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar