Sujidade faz bem às crianças

Brincar e sujar ajuda ao desenvolvimento físico e mental

02 maio 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

 

Sete em cada dez pais portugueses revelam que não passam tempo suficiente com os filhos. As crianças acabam por gastar duas horas e meia diárias frente à televisão. Estes são alguns dados do estudo de mercado, pedido pela marca Skip, da Leverelida, com o objectivo de conhecer a realidade das crianças portuguesas durante os seus tempos livres.
 

 

A marca pretende promover a ideia que «é bom sujar-se», que faz parte da vida e está associado à aprendizagem e desenvolvimento das crianças. Para isso pediu um estudo a John Richer, psicólogo inglês, para investigar até que ponto a sujidade pode ser vista como uma coisa positiva. A empresa encomendou ainda um estudo ao mercado português.
 

 

O estudo português abrange um universo de um milhão de lares portugueses, com crianças com menos de 15 anos de idade. A amostra foi constituída por meio milhar de inquiridos com filhos entre os quatro e os 14 anos. Neste estudo os pais confessam que, quando eram crianças, passavam mais tempo ao ar livre do que os seus filhos.
 

Há mesmo 80 por cento que dizem considerar importante as actividades ao ar livre. No entanto, as crianças passam mais tempo diário frente à televisão do que a desenvolver outras actividades.
 

 

Os pais - quase todos (95 por cento) - justificam que não passam mais tempo com os filhos por falta de tempo. A falta de paciência é o segundo motivo apontado, mas por apenas 11 por cento dos inquiridos.
 

 

Fonte: Público
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.