Suíça contra alimentos trangénicos

Agricultores e políticos em campanha de recolha de assinaturas

18 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

Representantes dos agricultores suíços e deputados de esquerda vão lançar esta terça-feira uma campanha de recolha de assinaturas para uma iniciativa popular contra a comercialização de sementes, plantas ou animais transgénicos neste país.
 

 

A campanha será coordenada por uma aliança de organizações de agricultores, Fundação para a Protecção dos Consumidores e vários grupos ecologistas, tendo como principal objectivo conseguir uma moratória legal de cinco anos baseada no princípio da precaução.
 

 

«Não queremos que nos aconteça como as vacas loucas», afirma o agricultor Josef Kunz, um dos promotores, que se considera conservador apesar de se ter aliado nesta causa aos partidos e grupos de esquerda.
 

 

Kunz acredita nas vantagens da etiquetagem «sem manipulações genéticas» no mercado europeu, protegido também por uma moratória anti-transgénicos, e afirma que a agricultura dos Quinze apenas conseguirá substituir com produtos especiais.
 

 

Outro impulsionador da campanha é o advogado e deputado socialista Ruedi Aeschbacher, que baseia a sua oposição no facto de ainda se saber muito pouco sobre as consequências a médio e longo prazo dos transgénicos.
 

 

«Assim que deixarmos escapar da garrafa o génio transgénico, não haverá mais forma de voltar a fechá-la», adverte o deputado, que teme uma ruptura definitiva do equilíbrio da natureza.
 

 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.