Suíça aprova despenalização do aborto
02 junho 2002
  |  Partilhar:

Uma vitória de 72 por cento de votos a favor foi anunciada pelas autoridades contra 28 por cento de votos negativos e vem mostrar uma grande mudança na mentalidade Suiça, com quase todos os cantões, católicos e protestantes, a alterarem os resultados do ultimo referendo sobre o mesmo assunto.
 

 

Estes resultados já provocaram comentários de parte a parte, com o Partido Socialista (PS) local e as Mulheres Socialistas a afirmarem que «a voz da razão impôs-se finalmente no que toca à interrupção voluntária da gravidez».
 

 

Segundo Christiane Brunner, presidente do PS suíço, o país «abandonou finalmente a imagem da mulher que existia desde a Idade Media e entrou numa nova era».
 

 

O presidente do Partido Democrata-Cristão (PDC), Philipp Stähelin, por seu turno, mostrou-se surpreendido com o resultado deste domingo, mas garantiu aceitar «a decisão popular».
 

 

De acordo com o PDC, a introdução do prazo de 12 semanas deve ser acompanhada de um grupo de medidas sociais, como o acompanhamento das mulheres, segurança de maternidade e amamentação.
 

 

Um ponto que se revelou negativo nesta votação foi a inserção de votos por correio, o que acabou por impedir os mais distraídos de votar, uma vez que pura e simplesmente deitaram fora os envelopes, de que não se podia pedir uma segunda via.
 

 

Fonte: TSF
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.