Sucesso do casamento depende do namoro

Vida conjugal feliz está ligada com o nível de amor antes de decidirem dar o nó

25 julho 2001
  |  Partilhar:

Um casamento feliz e duradoiro depende do nível de amor e compromisso que existe entre o casal no momento em que decidem dar o nó. Embora este seja apenas mais um estudo sobre o assunto, investigadores da Universidade do Texas entrevistaram 168 casais, logo após os dois primeiros anos de casamento e 13 anos depois.
 

 

Os interrogatórios tiveram como base questões sobre os sentimentos em relação ao companheiro e ao casamento em geral.
 

 

No estudo publicado na edição de Agosto da Current Directions of Psychological Science, a equipa informou que os casais felizes após 13 anos de casamento estiveram muito apaixonados e em harmonia desde o início.
 

 

Ao invés, as pessoas que viviam casamentos infelizes revelaram, durante a primeira entrevista, sentimentos negativos ou até ambíguos sobre o companheiro.
 

 

No entanto, boa ou má, a qualidade dos relacionamentos não mudou com o tempo - excepto entre pessoas que tinham um casamento feliz mas que, ao longo do tempo, começaram a divergir em múltiplas questões.
 

 

Desta mega-análise matrimonial, os investigadores concluíram que os parceiros que mantêm casamentos longos e felizes têm uma ligação e amor profundos, sentimentos que começam durante o namoro.
 

 

"A maioria das pessoas acha que são diferenças ou problemas não resolvidos que corroem os casamentos, mas não é só isso", disse um dos investigadores à Reuters Health. "Mas a falta de satisfação e de romance é mais importante que o aumento dos conflitos".
 

 

Segundo o investigador, os casais que enfrentam mais dificuldades são os que têm um namoro muito longo ou muito curto antes do casamento. "Ainda que não se conheçam muito bem, apaixonam-se rapidamente e têm uma impressão irreal de que o romance vai durar para sempre".
 

 

Do outro lado, e segundo o investigador, estão aqueles que demoram a dar o passo para o casamento. “Porque têm problemas reais no relacionamento que tentam ignorar.
 

Quando descobrem que o casamento não tem propriedades mágicas, geralmente abandonam a relação rapidamente."
 

 

Adaptado por: Paula Pedro Martins
 

 

MNI - Médicos Na Internet
 

 

Fonte: Reuters
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.