Substâncias antifogo aumentam risco de problemas na tiróide durante a gravidez

Estudo publicado na revista Environmental Health Perspectives

28 junho 2010
  |  Partilhar:

A exposição a substâncias antichamas, presentes em muitos produtos usados no dia-a-dia, pode reduzir os níveis de certas hormonas da tiróide que cumprem uma função fundamental no desenvolvimento cerebral do feto, adverte um estudo publicado na revista “Environmental Health Perspectives”.

 

O éter difenil polibrominado (PBDE) é usado no fabrico de vários produtos, como automóveis, artigos electrónicos e produtos para o lar. Segundo dados dos Centers for Disease Control and Prevention dos EUA, esta substância está presente no sangue da maioria dos norte-americanos.

 

Neste novo estudo, investigadores da University of California, em Berkeley, nos EUA, mediram os níveis das hormonas da tiróide de 270 mulheres, a maioria norte-americanas de origem mexicana. Concluíram que as mulheres que tinham níveis mais elevados de PBDE apresentavam níveis mais baixos da hormona estimulante da tiróide.

 

O estudo também verificou que as mulheres que tinham níveis superiores daquela substância tinham uma probabilidade maior de ter hipertiroidismo subclínico, que se define como níveis da hormona estimulante da tiróide inferiores aos normais mas com níveis normais de tiroxina (T4).

 

"As mulheres que tinham [hormonas estimulantes da tiróide] reduzidas poderiam estar acima do seu ponto natural nos níveis da hormona T4, o que significa que a sua tiróide poderia não estar a funcionar normalmente", assinalou, em comunicado de imprensa, Jonathan Chevrier, o editor da revista, do centro de investigação de saúde ambiental infantil da University of California.

 

Os níveis elevados de T4 durante a gravidez já foram relacionados com o aumento dos casos de abortos espontâneos, nascimentos prematuros e atraso no crescimento intra-uterino.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.