Substância cancerígena em roupa para bebés

Indústria Têxtil denuncia situação

24 junho 2004
  |  Partilhar:

Roupas de bebé com substâncias cancerígenas, provenientes da China, deram entrada em Portugal. A denúncia foi feita, esta semana, pela Federação da Indústria Têxtil e do Vestuário de Portugal, numa conferência de imprensa em que, mais uma vez, foi exigido ao Governo medidas contra os produtos têxteis chineses por «não cumprirem as normas mínimas ecológicas». Ao DN, José Robalo, presidente da federação, confirmou que «foi encontrada roupa de criança que tinha formaldeído - uma substância considerada cancerígena pela Organização Mundial de Saúde, e que pode ter efeitos irreversíveis para a saúde». Segundo aquele responsável, tal só acontece porque «a China utiliza produtos proibidos na Europa». «Quem tem filhos não gostaria que tivessem problemas de saúde resultantes do não cumprimento de normas, só porque os produtos ficam mais baratos», sustenta.Fonte: Diário de Notícias

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar