Substância cancerígena detectada em azeite vendido em Espanha

Portugal comercializa o mesmo produto

03 julho 2001
  |  Partilhar:

O Governo espanhol proibiu ontem a venda e a exportação de azeite de caroço de azeitona, uma variedade mais barata que também se comercializa em Portugal.
 

 

A proibição espanhola surge após ter sido detectada naquele derivado de azeite uma substância cancerígena, o benzopireno - um tipo de hidrocarboneto policíclico que degenera durante a combustão de matéria orgânica.
 

 

A notícia é hoje manchete do "Diário de Notícias" e é o principal tema das edições electrónicas dos jornais espanhóis "El País" e "El Mundo", que destacam a decisão do ministério da Saúde e do Consumo.
 

 

Segundo o Diário de Notícias, as autoridades portuguesas ainda não tomaram qualquer providência para saber se existe no mercado português algum lote deste derivado importado de Espanha.
 

 

Em declarações à Rádio Renascença, citadas hoje pelo DN, Sameiro de Sousa, da Direcção-Geral de Fiscalização, confirmou que o azeite de caroço de azeitona é produzido em Portugal, mas não há informações que tenham sido detectados quaisquer problemas para a saúde.
 

 

Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.