Stress pode ser bom para saúde...

...mas pouco e sempre com alívio

06 julho 2004
  |  Partilhar:

Curtas situações de stress, como a que é causada ao enfrentar um exame, podem reforçar o sistema imunitário do organismo.Se o stress em períodos curtos de tempo pode até ser benéfico, já o stress de longa duração, como o de viver uma situação de invalidez permanente, pode deixar o corpo menos capaz de lutar contra infecções, de acordo com o estudo publicado no jornal Psychological Bulletin.Há já algum tempo que é do conhecimento dos cientistas que o stress pode ter efeitos negativos sobre o corpo. Agora, Suzanne Sergestrom, cientista americana da Universidade de Kentucky, e Gregory Miller, cientista canadiano da Universidade de British Columbia, dizem que algum stress psicológico pode ser positivo.Os investigadores avaliaram cerca de 300 relatórios científicos publicados sobre o tema, envolvendo cerca de 19 mil pessoas. As situações de stress que tiveram curta duração parecem ter originado a resposta «fuja ou lute», que remonta ao período em que o homem primitivo era ameaçado por predadores. Essa reacção beneficiava a pessoa porque reforçava as defesas naturais contra infecções e traumas como mordidas e arranhões.No entanto, a ansiedade a longo tempo tem o efeito oposto. Situações que causam stress permanente e desestabilizam o mundo da pessoa são prejudiciais à saúde.Acontecimentos stressantes, como cuidar de uma pessoa doente, parecem abalar o sistema imunológico, deixando a pessoa com tendência a infecções. Outras experiências prejudiciais incluem perder o parceiro ou marido ou ter sofrido violência na infância.O factor importante parece ser o conhecimento de que o acontecimento que provoca ansiedade terminará a breve prazo. No entanto, algumas pessoas parecem ser mais vulneráveis ao stress do que outras. As pessoas mais velhas e as que já estavam doentes parecem ter maior probabilidade de ter o sistema imunológico abalado.Phillip Hodson da British Association for Counselling and Psychoterapy disse à BBC que o estudo reforçou o que era sabido. «Todos nós precisamos de alguma pressão na vida. O stress está aí para assegurar que vai fazer o melhor numa situação de desafio, quer seja fugir de um tigre ou enfrentar uma entrevista difícil».Para o especialista, faz todo o sentido que o stress possa reforçar o sistema imunitário. «Quando passa por uma situação de stress e depois relaxa, de alguma forma, fez um exercício. Tem uma sensação maior de alívio e o seu sistema imunitário não teve de funcionar muito e por muito tempo», explicou, acrescentando que o que é prejudicial em relação à saúde é o stress sem alívio.«O problema com a maioria das pessoas, pela maneira como vivemos, é que o sistema imunitário está a funcionar demais por todo o tempo, então, assim que paramos, o sistema também tem que parar. Assim que saímos em férias, pegamos uma gripe ou sentimo-nos doentes.»Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.