Stephen Hawking admite ter errado sobre os buracos negros
23 julho 2004
  |  Partilhar:

O cientista Stephen Hawking reconheceu ter errado na sua teoria sobre os buracos negros, 30 anos após a ter apresentado. De acordo a revista New Scientist, depois de ter argumentado que estes buracos destruíam tudo o que caísse neles, Hawking irá desvendar para a semana, numa conferência na Irlanda, que estas formações galácticas também deixam algumas coisas escapar, nomeadamente informação. A nova teoria de Stephen Hawking poderá solucionar um dos maiores enigmas da física moderna, conhecida como o paradoxo de informação dos buracos negros. Em 1976, Hawking calculou que quando um buraco negro se forma, começa a perder massa irradiando energia até que desaparece, perdendo toda a informação. Mas esta teoria entra em conflito com as leis de física quântica, que diz que a informação jamais pode ser perdida definitivamente. Na altura, Hawking argumentou que os campos gravitacionais intensos dos buracos negros conseguiam, de alguma forma, transpor as leis da física quântica. Agora, pediu com carácter de urgência que lhe seja permitido apresentar a sua nova descoberta na 17ª Conferência Internacional sobre Relatividade e Gravidade em Dublin, Irlanda. Numa nota enviada à organização explicou: «Solucionei o paradoxo de informação do buraco negro e quer falar sobre isso». Fonte: BBC

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.