Stent ou Bypass?

A questão para os doentes coronários…

24 março 2001
  |  Partilhar:

Doentes que sofrem de isquemia cardíaca por doença coronária de vários vasos, deverão ser submetidos a angioplastia com implantação de stent ou a uma cirurgia cardíaca para realização de bypass coronário?
 

 

Para responder a estas questões, cardiologistas europeus e canadianos elaboraram um estudo em que compararam os métodos stent e bypass no combate à isquemia cardíaca.
 

 

Num bypass, as estenoses existentes nos vasos do miocárdio, são evitadas através do implante de novos vasos transplantados de outra parte do corpo. Assim, é desviada a circulação das áreas de estenose (garantindo o fornecimento adequado de sangue às células cardíacas). Por outro lado, o stent é um pequeno objecto metálico em forma de cilindro cujas paredes têm uma estrutura em forma de rede e que dilata o lúmen das coronárias no local da estenose.
 

 

Depois de vários estudos realizados nos anos 90 terem comparado a dilatação por balão com a cirurgia de bypass, terá que ser agora comparada a implantação de stents. Já foram iniciados vários estudos prospectivos nesta área, de entre os quais se destaca o estudo SoS (Stent or Surgery) que foi agora apresentando no congresso de cardiologia em Orlando (EUA) pelo Dr. Rodney Stables de Liverpool.
 

 

Neste estudo, 988 pacientes com doença coronária múltipla, foram tratados aleatoriamente por um ou outro dos 2 métodos em análise. Após a intervenção, os doentes foram acompanhados ao longo de 2 anos. A mortalidade e a incidência de enfarte não fatal foram de 9,5% em ambos os grupos.
 

 

Mas, analisando a mortalidade separadamente, surge uma diferença, que segundo o Dr. Stables, contraria aquilo que era esperado: a taxa de mortalidade no grupo de pessoas submetidas a bypass é 1,2% inferior à dos doentes que colocaram stents.
 

 

No grupo da angiopastia com colocação de stents, existe um número mais elevado de mortes por causa não cardíaca, em relação ao grupo de pessoas que foram submetidas a bypass.
 

 

 

Fonte: Ärzte Zeitung
 

 

Adaptado por:
 

David Ferreira
 

MNI- Médicos na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.