Sopa de soja previne cancro da mama

Substância presente na leguminosa melhora a saúde

22 junho 2003
  |  Partilhar:

Tomar a sopa japonesa de pasta de soja – missoshiru- pode reduzir o risco de cancro da mama, segundo um estudo feita no Japão.
 

 

O Missoshiru é uma sopa de pasta soja que é preparada misturando misso, uma massa feita com grãos de soja, e água a ferver. Algas marinhas, legumes e tofu (queijo feito de soja) também são adicionados ao líquido. A maioria dos japoneses toma esta sopa diariamente.
 

 

Os investigadores do Centro Nacional de Cancro do Japão acompanharam os hábitos alimentares de 21,8 mil mulheres entre 40 e 59 anos, ao longo de dez anos.
 

 

Descobriram, então, que as mulheres que consumiam mais de três tigelas de missoshiru por dia tinham 40 por cento menos hipóteses de desenvolver cancro da mama, comparando com aquelas que tomavam apenas uma tigela de sopa diária.
 

 

As que tomavam duas tigelas por dia reduziam as hipóteses de cancro em 26 por cento.
 

 

Os grãos de soja contêm isoflavonas, substâncias encontradas em plantas e vegetais, tais como os grãos de soja, agem de modo semelhante à hormona feminina estrogénio.
 

 

Acredita-se que as isoflavonas previnam o cancro porque tomam a função do estrogénio, mas sem causar os efeitos cancerígenos.
 

 

Estudos laboratoriais já tinham indicado que as isoflavonas inibem o desenvolvimento do cancro da mama, mas as pesquisas anteriores sobre alimentação à base de soja não tinham chegado a nenhuma conclusão definitiva. «A tendência de redução no risco de cancro da mama foi observada, mas são necessários mais estudos para confirmá-la», afirmou Seiichiro Yamamoto, líder do grupo que fez a pesquisa no Japão.
 

 

Segundo o cientista, no entanto, consumir missoshiru demais não é recomendável por causa da grande quantidade de sal na sopa.
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.