Sono preserva memórias negativas

Estudo publicado no “Journal of Neuroscience”

20 janeiro 2012
  |  Partilhar:

A resposta emocional após visualização ou testemunho de um evento traumático fica consideravelmente reduzida se o indivíduo permanecer acordado, ao contrário do que acontece com  o sono que protege a resposta emocional negativa, dá conta um estudo publicado no “Journal of Neuroscience”.

 

Adicionalmente, se a imagem desagradável for visualizada de novo ou se ocorrer uma memória em flashback, esta vai ser tão perturbadora como a primeira vez em que foi visualizada, para aqueles que dormiram depois de a ver, em comparação com aqueles que não o fizeram.

 

Para explorar o conhecido prossuposto que o aumento da memória que ocorre durante o sono está associado a uma alteração da resposta emocional, os investigadores da University of Massachusetts, nos EUA contaram neste estudo com a participação de 68 mulheres e 8 homens, que tinham entre 18 e 30 anos.

 

Os participantes foram convidados a visualizar imagens e a classificar cada uma delas, como tristes ou alegres, assim como classificar as suas respostas como calmas ou agitadas, numa escala de um a nove. Após 12 horas, foram mostradas aos participantes uma mistura de imagens novas e previamente visualizadas, sendo os indivíduos questionados sobre a sua anterior visualização e convidados a classificar de novo as imagens. Todos os participantes tinham um diário do sono e também realizaram um teste que apurou o índice da qualidade do mesmo.

 

Para visualização das imagens os investigadores dividiram os participantes em quatro grupos distintos: os que visualizaram o primeiro conjunto de imagens ao fim do dia ou no início do mesmo, e os que visualizaram as segundas imagens após terem dormido durante uma noite ou ao fim do dia.

 

Os investigadores liderados por Rebecca Spencer e Bengi Baran constataram que o sono teve efeitos significativos na memória e nos sentimentos dos participantes. Os participantes reconheceram melhor as imagens após um período de sono, do que durante o período de vigília.

 

Pelo contrário e contrariamente aos prossupostos anteriores de que o sono poderia suavizar os efeitos emocionais negativos causados por um evento perturbador, os investigadores verificaram que, em comparação com os períodos de vigília, o sono estava associado à preservação dos sentimentos negativos. O que sugere que o sono tem efeitos distintos na memória e nas emoções.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 5
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.