Sono pode ajudar na prevenção da diabetes

Estudo realizado pelo Los Angeles Biomedical Research Institute

21 junho 2013
  |  Partilhar:

Os homens que dormem pouco durante a semana de trabalho podem diminuir o seu risco de desenvolver diabetes tipo 2 se compensarem as horas de sono perdido durante o fim de semana, dá conta um estudo apresentado na reunião anual da The Endocrine Society.
 

“Todos nós sabemos que precisamos de ter um número de horas de sono adequado, mas devido às exigências profissionais, é por vezes difícil de conseguir. O nosso estudo demonstrou que o aumento das horas de sono pode melhorar a sensibilidade à insulina, reduzindo consequentemente o risco de diabetes tipo 2, nos homens”, revelou, em comunicado de imprensa, o líder do estudo, Peter Liu.
 

Neste estudo, os investigadores da Universidade de Sydney, na Austrália, contaram com a participação de 19 homens não diabéticos, que tinham uma média de idade de 28,6 anos, e que ao longo de seis ou mais meses tiverem um tempo de sono inadequado durante a semana de trabalho. Em média, os participantes dormiam 6,2 horas por noite. Contudo, ao fim de semana dormiam cerca de 2,3 horas adicionais.
 

Os participantes foram convidados a dormir três noites, em dois fins de semanas separados, num ambiente controlado. Cada homem foi incluído em dois dos três condições de sono: 10 horas de sono, seis horas de sono e 10 horas na cama, em que a presença de ruídos não os fazia acordar mas mantinha-os sob um sono superficial.
 

Na quarta manhã foram medidos os níveis de glucose e insulina de cada participante de forma a calcular a sensibilidade à insulina. Todos os participantes tiveram, ao longo do tempo de estudo, a mesma ingestão de alimentos.
 

O estudo apurou que a sensibilidade à insulina aumentou para os participantes que dormiram 10 horas por noite ao fim de semana, comparativamente com aquele que continuavam a ter restrições no número de horas de sono, ou seja que apenas seis horas.
 

Os investigadores concluem assim que o aumento de número de horas de sono para os homens que habitualmente têm défice de horas de sono pode melhorar a sua sensibilidade à insulina.
 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.