Sol está mais luminoso...

...e a agravar os efeitos de estufa

13 julho 2004
  |  Partilhar:

O estudo de um investigador suíço divulgado esta semana considera que o aumento da luminosidade do sol está a agravar os efeitos de estufa do planeta, ao afectar o aquecimento global.O investigador Sami Solanki considera ainda que o sol está mais luminoso do que alguma vez nos últimos 1.150 anos. «O sol está hoje mais luminoso, e isso acentuou-se nos últimos 100 a 150 anos. Isso tem um impacto natural no aquecimento global», afirmou o investigador.Solanki explicou que o novo estudo se baseia em gelo recolhido por um colega também suíço, Jürg Beer, numa expedição à Gronelândia, em 1991.As temperaturas mundiais aumentaram uma média de 0,2 graus por ano nas últimas duas décadas, com cientistas a culparem os gazes que causam os efeitos de «estufa», mas a dividirem-se sobre se a luminosidade do sol é ou não um factor. A crescente luminosidade evidenciou-se especialmente nos últimos 60 anos, com o impacto indirecto de raios solares mais intensos na camada do ozono e na cobertura de nuvens a poder ter especiais efeitos no clima, argumenta o investigador.Para compreender se um sol mais luminoso está a aquecer o planeta, cientistas solares têm medido as zonas magnéticas na superfície do sol, com o seu número a estar associado ao clima mundial. A equipa suíça descobriu que várias zonas magnéticas aumentaram significativamente no último século.«Estamos a reconhecer que quer a actividade solar quer os gases de estufa são factores importantes nas mudanças da temperatura da terra», afirmou.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.