Sofrer de enxaqueca potencia dor de cabeça provocada por “ressaca”

Estudo da Thomas Jefferson University

28 outubro 2009
  |  Partilhar:

As pessoas que sofrem de enxaqueca são mais propensas a ter dor de cabeça induzida pela ingestão excessiva de álcool, revela um estudo apresentado na reunião anual da Society for Neuroscience, realizada recentemente em Chicago, EUA.

 

O estudo, liderado por Michael Oshinsky, da Thomas Jefferson University, comparou os efeitos da ingestão de álcool em ratinhos manipulados para sofrerem de enxaqueca e noutros roedores que não apresentavam a patologia.

 

Os investigadores constataram que as cobaias que tinham enxaqueca experimentaram mais dores de cabeça, entre quatro a seis horas após a ingestão de álcool, do que os ratinhos do grupo de controlo.

 

De acordo com os autores, citados em comunicado de imprensa publicado no sítio oficial da universidade, dado que os animais estavam devidamente hidratados e o álcool administrado não continha impurezas, o responsável pelo aumento da dor de cabeça deverá ser o próprio álcool ou um metabolito. “Esses dados confirmam a observação clínica de que as pessoas com enxaqueca são mais susceptíveis às dores de cabeça induzidas pelo álcool”, reforçou o líder da investigação.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.