Sociedade Endocrinologia atribui primeira bolsa a estudo sobre Cancro da Tiróide

Investigadores do IPO de Coimbra

03 fevereiro 2007
  |  Partilhar:

 

O estudo que pretende identificar os genes envolvidos no Cancro da Tiróide, liderado pelo investigador Hugo Prazeres, foi o vencedor da primeira edição da bolsa Prof. Edward Limbert, atribuída pela Sociedade Portuguesa de Endocrinologia (SPEDM).
 

 

O projecto de investigação premiado com a primeira bolsa Prof. Edward Limbert, no valor de cinco mil euros, pretende identificar os genes envolvidos no Cancro da Tiróide, possibilitando a adaptação do tipo de tratamento a aplicar a quem desenvolve um "nódulo com significado clínico".
 

 

Segundo o investigador Hugo Prazeres, do IPO de Coimbra, "cinco a 20% da população desenvolve um nódulo com significado clínico na tiróide no decorrer do seu tempo de vida, e devido à heterogeneidade deste carcinoma são sujeitos a cirurgia como método de diagnóstico".
 

 

Este trabalho pretende então reduzir "o número de pessoas submetidas a cirurgias à tiróide para fins diagnósticos, desnecessárias em situações benignas, e fornecer indicações para a realização de uma cirurgia mais completa, evitando a necessidade de uma segunda intervenção cirúrgica para completar a remoção da tiróide", afirmou.
 

 

O estudo tem uma duração prevista de dois anos, tendo já arrancado a primeira fase do projecto, que consiste na colheita de tecidos tumorais logo após a realização de cirurgias à tiróide. Para essa análise, será utilizada uma tecnologia inovadora recentemente introduzida em Portugal, que existe há cerca de uma década nos E.U.A, que são os chamados Chips de DNA.
 

 

O trabalho envolve um grupo de nove especialistas de diversas áreas do IPO de Coimbra e conta ainda com a colaboração de investigadores do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular (IPATIMUP), liderado pelo cientista Sobrinho Simões.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos Na Internet
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.