Sistema de Alarme Inteligente Transportável para Pacientes com Epilepsia

Projecto liderado investigadores da Universidade de Coimbra

03 abril 2008
  |  Partilhar:

Uma equipa multidisciplinar de 15 investigadores de Coimbra, coordenada por António Dourado, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), lidera um projecto, único na Europa, para o desenvolvimento de um Sistema de Alarme Inteligente Transportável para pacientes com Epilepsia, que não podem ser tratados farmacologicamente.
 

 

A equipa da FCTUC está a desenvolver algoritmos de inteligência computacional para detectar as crises epilépticas, com alguma antecedência, com vista à criação de um dispositivo, “discreto e transportável”, que mede em permanência, através do electroencefalograma e electrocardiograma não invasivos, o estado neuronal do doente.
 

 

Com um orçamento global de quatro milhões de euros, o projecto denominado EPILEPSIAE – Evolving Platform for Improving Living Expectations of Patients Suffering from Ictal Events, é financiado pela União Europeia com três milhões de euros, e tem como parceiros os Hospitais da Universidade de Coimbra; o Centro Nacional de Investigação Científica de França, a Universidade Pierre et Marie Curie e o Laboratório de Neurociências Cognitivas do Hospital Pitié – La Salpêtrière (França); a Universidade Albert Ludwigs e o Hospital Universitário de Friburgo (Alemanha) e a Empresa Micromed, de Itália, que será responsável pela fabricação do equipamento no final da investigação.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.