Sistema combate o sono ao volante

Cientistas alemães desenvolvem mecanismo de alarme

16 março 2004
  |  Partilhar:

  Cientistas alemães estão a desenvolvendo um sistema electrónico para evitar que o motorista adormeça ao volante. O equipamento é uma espécie de co-piloto, que acompanha as funções e os olhos de quem conduz, emitindo um alerta quando aparecem sinais de cansaço.Quem nunca experimentou a sensação de cansaço depois de conduzir horas a fio? A medida em que aumenta o tempo que se está ao volante, diminuiu a oxigenação do organismo gerando perda de concentração e, finalmente, o sono, aquela vontade irresistível de fechar os olhos... só um bocadinho...O resultado na maioria das vezes é trágico: perda do controlo do veículo e acidente. Muitas das vezes o preço são as próprias vidas. Com o intuito de minimizar esta situação, já que nem todos os condutores percebem que está na hora de fazer uma pausa, e para responder àqueles que sofrem não de negligência mas de distúrbios do sono e precisam conduzir, o Instituto Frauenhofer da Universidade de Estugarda está a desenvolver um sistema de alerta de cansaço.O equipamento funciona como uma espécie de co-piloto. Trata-se de instrumentos de medição instalados no veículo, que visualizam as funções e os olhos de quem conduz, emitindo diversos sinais de alerta quando surgem os primeiros indícios de cansaço.O sistema controla o motorista através de vários sensores, um que mede a força das mãos no volante, outro, uma câmara, que vigia os olhos, mais um que controla o comportamento do piloto, como o aceleramento súbito e manobras bruscas. Todas estas informações são constantemente processadas. Se o sistema mostrar que o motorista está cansado, o sistema de alerta é disparado, emitindo sons, comandos de voz, acendendo luzes e accionando uma vibração no cinto de segurança.Um motorista profissional aceitou ser o piloto de testes virtuais do novo invento. Acompanhar o sistema em acção, mesmo que simulado, impressiona. Conduzindo em auto-estrada, a mais de 100 quilómetros por hora, o motorista fecha os olhos propositadamente. O alarme dispara com sinais acústicos e visuais e uma voz feminina avisa: «Alerta de cansaço! Para desligar o sistema aperte na tecla ao lado do volante. Para sua segurança encoste o veículo na próxima área de descanso e faça uma pausa».Parar e dormir, aliás, continua a  ser a decisão mais acertada. Técnicos e especialistas em trânsito lembram que não existe equipamento no mundo que substitua o bom senso. Os sistemas e aparelhos electrónicos nunca poderão ser considerados cem por cento seguros e fiáveis.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.