Sinusite associada à síndrome da fadiga crónica

O estudo está a ser desenvolvido pela Universidade Georgetown

19 agosto 2003
  |  Partilhar:

 

Os investigadores da Universidade Georgetown afirmam que a síndrome da fadiga crónica, caracterizada por uma canseira generalizada e falta de energia para fazer qualquer coisa, pode estar ligada à sinusite.
 

 

Os pesquisadores da Universidade Georgetown entrevistaram quase 300 pessoas. Os resultados foram: 22% tinham fadiga crónica sem explicação (sem uma causa clara), 11% tinham dores crónicas sem explicação e 9% tinham os dois.
 

 

Os sintomas ligados à sinusite eram nove vezes mais comuns nas pessoas que tinham fadiga crónica do que nas outras e seis vezes mais comuns nas pessoas que tinham dores crónicas.
 

 

Os cientistas também descobriram que os sintomas de sinusite também são mais comuns entre pessoas que têm fadiga sem explicação do que entre as que têm fadiga causada por alguma doença mental ou física.
 

 

A pesquisa foi publicada na revista Archives of Internal Medicine.
 

 

Adriana José Oliveira
 

MNI – Médicos Na Internet

Partilhar:
Classificações: 1 Média: 4
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.