Singapura autoriza clonagem de embriões humanos...

...mas só para fins terapêuticos

02 setembro 2004
  |  Partilhar:

O Parlamento de Singapura aprovou na semana passada uma lei que autoriza a clonagem de embriões humanos com fins terapêuticos, apesar de proibir que a técnica seja utilizada com fins reprodutivos.«A lei estabelece claramente a interdição da clonagem humana com fins reprodutivos», declarou ao Parlamento o ministro de Estado para a Saúde, Balaji Sadasivan, acrescentando que «todos aqueles que fazem a promoção da clonagem humana (com fins reprodutivos) não são bem-vindos a Singapura».Qualquer infracção à lei será punida com uma pena de dez anos de prisão e uma multa de cerca de 50 mil euros.A clonagem terapêutica, apenas permitida em embriões com menos de 14 dias, «dá uma esperança às vítimas de doenças cardíacas, diabetes, Alzheimer, Parkison, lesões na coluna vertebral e outras doenças degenerativas», estimou o deputado Chong Weng Chiew, defensor da lei.A utilização de embriões humanos para a investigação das células estaminais, com potencialidade de se transformarem em todas as existentes no organismo, tem levantado polémica em todo o mundo por implicar a destruição dos mesmos.Recentemente, em Portugal, o Conselho Nacional para as Ciências da Vida (CNECV) aprovou um parecer que considera uma excepção a possibilidade de um embrião poder ser utilizado em investigação que não resulte em benefício para o próprio.Fonte: Público

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.