Síndrome metabólica afecta 1 em cada 3 portugueses

Dados do primeiro estudo nacional

01 maio 2007
  |  Partilhar:

 

A Síndrome Metabólica (SM) afecta um em cada três portugueses, revelam dados do primeiro estudo epidemiológico nacional sobre a "Prevalência da Síndrome Metabólica em Portugal" (VALSIM) - apresentado na semana passada em Vilamoura, no âmbito do XXVIII Congresso Português de Cardiologia.
 

 

O estudo - promovido pela Sociedade Portuguesa de Cardiologia, com o apoio da Direcção-Geral da Saúde (DGS) e da Associação Portuguesa dos Médicos de Clínica Geral - analisou dados de 16.333 utentes de ambos os sexos dos centros de saúde e com idades superiores a 18 anos.
 

 

Dos 16.333 doentes analisados no VALISM, 39,3% sofriam da SM, tendo sido esta síndrome mais frequente nas mulheres do que nos homens (48,5% contra 32,8%). De acordo com os resultados apresentados, esta patologia é mais frequente nos homens até aos 50 anos e predomina nas mulheres a partir dos 60 anos.
 

 

Os factores de risco mais frequentemente associados ao diagnóstico de SM foram, segundo o estudo, a Hipertensão Arterial (70,4%), o perímetro abdominal aumentado (58,3%), aumento da glicemia em jejum (44,8%), triglicéridos aumentados (33,7%) e colesterol HDL diminuído (28%).
 

 

Relativamente ao género, o aumento do perímetro abdominal e a diminuição do HDL foram os factores mais frequentes no sexo feminino, enquanto nos homens predominou a Hipertensão Arterial, a Hiperglicemia e a Hipertrigliceridemia.
 

 

Por outro lado, numa análise estratificada por idade e sexo, verificou-se, também, que a SM vai aumentando com a idade, passando de 7% na população com mais de 18 anos para mais de 46% a partir dos 60.
 

A SM apresenta variações a nível regional, registando-se com maior frequência nos distritos de Beja, Bragança, Guarda, Leiria, Santarém e Viseu.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.