Síndrome de ovários poliquísticos relacionada a maior risco de depressão

Estudo publicado na revista “Obstetrics & Gynecology”

12 janeiro 2011
  |  Partilhar:

As mulheres com síndrome de ovários poliquísticos têm um risco aumentado de desenvolver depressão, de acordo com uma meta-análise publicada na revista “Obstetrics & Gynecology”, levando os cientistas a apelar à importância da triagem para distúrbios de humor em todas as portadoras da condição.

 

A equipa, liderada por Anuja Dokras, University of Pennsylvania, em Filadélfia, EUA, analisou os registos de depressão através de uma revisão sistemática e uma meta-análise de 13 estudos que avaliaram, um total, de 522 mulheres com a síndrome e um grupo de controlo composto por 475 mulheres saudáveis.

 

O risco de obter um registo anormal de depressão foi de 4,03 vezes mais elevado nas mulheres com a síndrome do que no grupo de controlo. Em cinco estudos que controlaram o índice de massa corporal, o risco de obter um registo anormal permaneceu significativamente alto (4,09 vezes) em mulheres com a síndrome. Os dados permanecerem inalteráveis independentemente do país de origem dos resultados.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.