Simulador de partos ajuda obstetras

Franceses desenvolvem aparelho que gerou controvérsia

03 novembro 2004
  |  Partilhar:

A altura do parto pode provocar as reacções mais inexplicáveis em quem têm de dar assistência à grávida, em especial se for alguém que nunca assistiu a esse momento tão especial. Que fazer? Para os especialistas, nomeadamente os médicos obstetras, a primeira parturiente que ajudam a dar à luz, pode ser um momento de grande nervosismo.  Para ajudar os obstetras inexperientes, investigadores franceses do Institut National des Sciences Appliquées e do Hospital la Croix Rousse, em Lion, desenvolveram um simulador de partos. Baptizado de BirthSIM, o aparelho é dotado de um sistema artificial hidráulico que simula o movimento do bebé no interior da pélvis materna. Através de uma espécie de drive pneumático agregado a um computador, é possível também simular as contracções da parturiente. Segundo o site New Scientist.com, alguns profissionais de Medicina não estão a acolher bem a invenção, dado acharem que o BirthSIM não fornece uma visão realista do parto, nem tão pouco prepara os médicos numa situação de risco. A ideia dos criadores é fornecer aos obstetras procedimentos adequados quando fizerem um parto pela primeira vez. Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.