Sida vai causar mais de um milhão de órfãos em Moçambique
13 maio 2002
  |  Partilhar:

Até ao ano 2010 haverá em Moçambique mais de um milhão e
 

cem mil órfãos na sequência de vítimas da sida, revela um
 

relatório do governo moçambicano apresentado este fim-de-semana em Nova Iorque na Sessão Especial da ONU sobre a Criança.
 

 

O relatório diz que a taxa de infecção de VIH em
 

Moçambique cresce a um nível de 560 novos casos por dia e como resultado "o número de órfãos vai aumentar de 341.431 no ano 2000 para 1.134.169 no ano 2010".
 

 

Até ao ano 2010, o número de pessoas infectadas com o
 

vírus HIV em Moçambique deverá ascender a 1.960.414 e a esperança de vida em Moçambique deverá cair para 35,4 anos em 2010.
 

 

O governo de Angola, por seu turno, é de opinião que a
 

sida não é um problema de maior no país, afirmando que até Agosto do ano 2000 tinham sido notificados em Angola 6.291 casos da doença.
 

 

Contudo, um estudo realizado em doentes de tuberculose em
 

1999, e hoje apresentado, revela que "19 por cento eram seropositivos na cidade de Luanda e 34 por cento na cidade de Cabinda".
 

 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar