Sida: Vacina «AidsVax» não evita a infecção

Empresa refere imunização em negros e asiáticos

25 fevereiro 2003
  |  Partilhar:

Uma vacina experimental contra a Sida desenvolvida pela VaxGen Inc. parece falhar na imunização da maioria das pessoas, apesar de revelar qualidades promissoras em negros e asiáticos, anunciou a empresa.
 

 

No entanto, a taxa de infecção esperada junto dos 314 voluntários negros que receberam a vacina caiu 78 por cento, uma descoberta que os investigadores admitiram constituir uma surpresa. A taxa decresceu 67 por cento em todos os voluntários não brancos, excepto hispânicos.
 

 

A vacina da VaxGen, a única contra o VIH/SIDA que atingiu a fase do teste à eficácia, não evita a infecção e apenas assegura uma protecção de 3,8%, contra os 30% necessários à sua comercialização.
 

 

Esta vacina - a «AidsVax» - estava a ser desenvolvida pelos laboratórios da Califórnia VaxGen e era grande a expectativa em torno dos resultados da fase do teste à sua eficácia - a mais avançada na investigação a uma vacina, já que envolve seres humanos.
 

 

Porém, os resultados divulgados pela VaxGen revelaram- se decepcionantes, já que a vacina não se revelou eficaz na esmagadora maioria dos casos em que foi testada.
 

 

O estudo «não demonstra uma redução estatisticamente significativa da infecção pelo VIH, no universo da população abrangida», anunciou o laboratório, localizado na Califórnia.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.