«Sexto sentido» permite a cegos reconhecer emoções

Artigo da «Nature Neuroscience» relata episódio clínico

20 dezembro 2004
  |  Partilhar:

 

 

 

Um cego surpreendeu os cientistas ao revelar um «sexto sentido» que lhe permite reconhecer expressões faciais de tristeza ou alegria, indica estudo publicado na revista britânica «Nature Neuroscience».
 

 

Com 52 anos, este homem, cuja identidade não foi divulgada, sofreu dois ataques cardíacos que lhe danificaram a parte do cérebro que gere os sinais visuais, deixando-o totalmente cego, apesar dos olhos e do nervo óptico terem ficado intactos.
 

 

Por esse motivo, diante de uma pessoa ou de um desenho, ele é incapaz de distinguir entre um rosto masculino e feminino, ou entre um quadrado e um círculo.
 

 

Porém, quando colocado perante rostos com expressões de cólera ou alegria, mostrou-se capaz de identificar as emoções em 59% dos casos, uma percentagem superior à obtida pelo simples acaso, explicou Alan Pegna, da Faculdade de Psicologia da Universidade do País de Gales, que dirigiu o estudo. Foram obtidos os mesmos resultados quando os rostos tinham expressões de tristeza ou medo, por um lado, ou de felicidade, por outro.
 

 

Exames com scanners feitos ao seu cérebro sugerem que o facto pode ter como causa o registo de informações em partes do cérebro não responsáveis pela visão.
 

 

Fonte: Lusa
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.