Serviços de saúde registaram 11 mil reclamações em 2014

Dados da Entidade Reguladora da Saúde

13 maio 2015
  |  Partilhar:
A Entidade Reguladora da Saúde (ERS) registou 11 mil queixas de utentes relativas a procedimentos administrativos, tempos de espera, cuidados de saúde e segurança em 2014, o primeiro ano em que esta entidade passou a receber reclamações tanto do setor público como privado.
 
De acordo com o Relatório de Atividades da ERS relativo a 2014, a que a agência Lusa teve acesso, registou-se um aumento de 2.788 queixas em relação a 2013, que se deve, em parte, ao facto de esta entidade ter passado a registar reclamações do setor público, para além do setor privado, desde o último trimestre de 2014.
 
A maioria das reclamações estavam relacionadas com processos administrativos (2.882), seguindo-se os tempos de espera (2.385) e os cuidados de saúde e segurança do doente (2.023). 
 
As restantes queixas focaram-se no utente (1.227), em questões financeiras (1.109), no acesso a cuidados de saúde (575) e nas instalações e serviços complementares (357).
 
Além de reclamações, a ERS registou ainda 115 elogios e louvores.
 
Das 10.948 reclamações que chegaram à ERS em 2014, 7.265 (66,4%) viram a sua análise concluída nesse ano. Além disso, a ERS concluiu ainda o processamento de 1.429 processos que tinham transitado de 2013 e 95 de anos anteriores, elevando o total de processos concluídos para 8.789.
 
331 queixas foram reencaminhadas pela ERS, tendo como destinatários a Ordem dos Médicos e a Ordem dos Médicos Dentistas.
 
Cerca de 80% das reclamações foram arquivadas pela ERS por se ter considerado que estas versavam sobre matéria grave ou careciam de diligências suplementares, “sendo certo que os utentes não se manifestaram contra as alegações apresentadas pelos prestadores reclamados”, pode ler-se no relatório citado pela Lusa.
 
No geral, 2,1% dos processos de reclamação ficaram resolvidos, enquanto em 1,6% dos casos os prestadores reclamados garantiram ter tomado medidas corretivas. 
 
O tempo médio de tratamento por reclamação foi de 42,39 dias.
 
ALERT Life Sciences Computing, S.A.
Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.