Seropositivo negativo ao HIV depois de ser transplantado

Notícia difundida pelo “The Wall Street Journal”

11 novembro 2008
  |  Partilhar:

Um seropositivo norte-americano de 42 anos que vive em Berlim está a intrigar a comunidade científica. Há dois anos foi submetido a um transplante de medula, com o objectivo de combater a leucemia que sofria. Seiscentos dias depois, ainda continua a lutar contra esta doença, mas venceu a SIDA.
 

 

Segundo o “The Wall Street Journal”, depois da intervenção cirúrgica, as análises sanguíneas não revelaram sinais da infecção, apesar de ter cessado a administração de fármacos anti-retrovirais.
 

 

De acordo com o jornal, o médico que acompanha o paciente, Gero Hütter, da Charité Medical University de Berlim, escolheu um dador que apresentava uma mutação genética rara, que o torna imune a quase todas as estirpes de HIV, e que só está presente em 1,5% da população.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.