Ser magro pode significar maior risco de doenças metabólicas

Cientistas ingleses descobrem gene responsável

05 julho 2011
  |  Partilhar:

Ser magro nem sempre pode significar um menor risco de doenças cardíacas e diabetes, aponta um estudo britânico que identificou um gene ligado ao facto de se ter um corpo magro e a um maior risco para desenvolver doenças metabólicas.

 

O trabalho foi publicado na revista científica “Nature Genetics” e envolveu estudos genéticos com mais de 75 mil pessoas.

 

O estudo, liderado por Ruth Loos, do Medical Research Council da Grã-Bretanha, sugere que as variantes do gene IRS1 reduzem a gordura sob a pele (gordura subcutânea), mas não têm efeito sobre a gordura visceral, à volta dos órgãos como o coração e o fígado, a mais perigosa.

 

Quando os investigadores analisaram mais fundo a relação verificaram que o IRS1 também conduzia a níveis mais elevados de colesterol e de glicose no sangue, marcadores-chave das chamadas doenças metabólicas, como doenças cardíacas e diabetes.

 

Segundo os cientistas, as descobertas sugerem que as pessoas com o gene IRS1 são menos capazes de armazenar gordura subcutânea, e podem, por isso, armazenar gordura noutras partes do corpo, nas quais essa gordura pode representar um maior risco para o funcionamento dos órgãos.

 

Os cientistas alertam que os resultados do estudo não alteram a mensagem comummente difundida , de que os magros são geralmente mais saudáveis, ao invés das pessoas que têm excesso de peso ou obesidade.

 

Contudo, e de acordo com os cientistas, “todos nós sabemos não ser impossível ser magro e ter colesterol alto ou sofrer um enfarte do miocárdio antes dos 50 anos, talvez por causa deste gene. Apesar do aspecto saudável, (as pessoas) podem estar em risco para doença cardiovascular e diabetes tipo 2”.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.