Sensor permite vigiar aneurismas

Projeto envolve três universidades portuguesas

27 fevereiro 2012
  |  Partilhar:

Investigadores da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), da Universidade do Minho (U. Minho) e o Instituto Superior Técnico (IST) estão a desenvolver um sensor que permite vigiar aneurismas.

 

Na notícia veiculada pelo sítio da Universidade do Porto, os investigadores da FEUP revelaram que o objetivo principal passa pelo “desenvolvimento de um sistema de monitorização da pressão em stents coronários, de modo a evitar os processos tradicionais invasivos. Neste caso, pretende-se instalar um sensor de pressão no próprio stent e fazer a leitura do sinal usando um acoplamento indutivo, isto é, sem-fios”.

 

Os autores do estudo explicam que, um “stent graft” é uma estrutura tubular feita a partir de material biologicamente compatível com o corpo humano que é inserido na artéria coronária de modo a evitar a dilatação excessiva da artéria que poderia originar uma hemorragia interna. Com a inclusão de um ou mais sensores no próprio stent, passa a ser possível monitorizar eventuais deslocamentos da posição do stent, fugas de sangue ou progressão do aneurisma, sem ser preciso recorrer a exames, por exemplo de raio-X, ou mesmo à cirurgia.

 

No âmbito deste projeto a U. Minho é a coordenadora e responsável pelo sensor de pressão a instalar no “stent graft”, o IST lidera a investigação com novos materiais e a FEUP é responsável pelo desenvolvimento do sistema eletrónico de monitorização sem fios e a análise de viabilidade do produto e do mercado.

 

Atualmente, os primeiros protótipos do sensor de pressão encontra-se em fase de avaliação e o protótipo final do sistema de leitura desenvolvido na Faculdade de Engenharia está em fase de implementação.

 

Segundo os investigadores, só após terem a certificação médica, que envolve testes em modelos mecânicos e validação em animais, é que o sensor pode entrar no mercado.

 

Os próximos passos desta investigação incluem também a implementação de metodologias de autoteste e diagnóstico do sistema eletrónico.

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.