Segurança Social encerra lares em Braga por falta de condições de segurança
15 outubro 2001
  |  Partilhar:

Dois lares de idosos do distrito de Braga foram ontem encerrados devido à falta de condições de segurança e de apoio aos utentes, disse o presidente do Instituto de Solidariedade e Segurança Social.
 

 

Martins Alves, que se deslocou a Braga para coordenar o encerramento do Lar das Magnólias e da Quinta do Hospital, uma extensão do primeiro a funcionar em Vila Verde, explicou que «a falta de condições de segurança, o abandono total dos utentes e a promiscuidade existente (no de Vila Verde) punha em risco a integridade dos utentes».
 

 

«Na Quinta do Hospital estavam 18 pessoas, entre idosos, deficientes mentais profundos e toxicodependentes, todas entregues a si próprias devido ao despedimento dos funcionários que não concordavam com a forma de funcionamento do estabelecimento», o mesmo acontecendo a 27 utentes do das Magnólias.
 

 

Após o encerramento dos lares, os utentes foram conduzidos para outros equipamentos da região, para o hospital - «devido ao seu estado precário de saúde» - ou para a casa de saúde de S. João de Deus de Barcelos.
 

 

Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.