Segurança Alimentar

Portugal encabeça lista da UE em incidência de salmonelas

15 junho 2006
  |  Partilhar:

Portugal encabeça a lista dos Estados membros da UE no que respeita à prevalência de salmonelas em criações avícolas, com 79,5% de resultados positivos em testes efectuados pela Agência Europeia de Segurança Alimentar (EFSA).De acordo com um relatório preliminar da EFSA sobre a prevalência de salmonelas em criações de aves de todos os países da UE e da Noruega, os números envolvendo todas as subespécies de salmonelas vão de um máximo de 79,5%, registado em Portugal, aos 0% verificados no Luxemburgo.No que respeita especificamente às espécies Salmonella Enteritidis e Salmonella Typhimurium, a percentagem registada nas criações portuguesas, de 47,7%, é ultrapassada apenas pela Checoslováquia (62,5%), a Polónia (55,9%), a Espanha (51,6%) e a Lituânia (50%).Do outro lado do espectro no que respeita a estas duas subespécies, com 0% de prevalência, estão Chipre, Luxemburgo, Letónia e Suécia. Em números médios, o estudo apurou uma prevalência média global na UE de 20,3% das salmonelas Enteritidis e Typhimurium, e de 30,7% de todas as subespécies da bactéria.O estudo da EFSA incidiu sobre 5.317 grandes criações avícolas em todos os 25 países da UE e na Noruega, que participou numa base voluntária, sendo retidos os dados de 4.561, todas elas com pelo menos 1.000 galinhas poedeiras. Em Portugal, foram analisadas 86 criações, sendo retidos os dados referentes a apenas 44.Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.