Se tem um problema, vá dormir que passa…

Sono ajuda a resolver situações difíceis

29 janeiro 2004
  |  Partilhar:

Se estiver mergulhado em problemas e ouvir a expressão «vai dormir que isso passa» pode acreditar que é um bom conselho. Depois de uma boa noite de sono, um problema que no dia anterior parecia não ter solução pode apresentar-se mais simples. O que antes era apenas a experiência humana, agora tornou-se numa prova científica.Segundo investigadores da Universidade de Luebek, Alemanha, as experiências mostram que uma boa noite de sono pode melhorar a capacidade de raciocínio para a resolução de problemas.«Se alguém tem recordações recentes no cérebro, o sono actua sobre elas, reestrutura-as, para que depois de dormir se aguce o raciocínio sobre o facto com um problema que antes não pôde ser resolvido», disse Jan Born, neurocientista da universidade.Para comprovar essa teoria, os cientistas ensinaram a um grupo de voluntários duas regras simples, para dar uma nova ordem a uma sequência de números. Mas havia uma terceira regra escondida que poderia ajudá-los a aumentar a velocidade com que poderiam solucionar o problema.Os cientistas, que apresentaram as suas descobertas na revista científica Nature, dividiram os voluntários em dois grupos. A metade pôde dormir depois do treino, enquanto o resto teve de permanecer acordado.Born e seus colegas comprovaram que o grupo que pôde dormir depois do treino teve o dobro das probabilidades de descobrir a terceira regra, em comparação com aqueles que não dormiram.De facto, o sono ajudou. Em entrevista à Reuters, Born explicou que o importante é que já se tem uma representação cerebral do problema que se quer resolver e depois dorme para que (o cérebro) actue sobre o referido problema. No entanto, o cientista admitiu que tanto ele quanto os seus colegas não sabem como ocorre a reestruturação das recordações no cérebro, e nem o que comanda esse mecanismo.Para Pierre Maquet e Perrine Ruby, da Universidade de Liege, Bélgica, a descoberta sustenta a afirmação popular de que dormir pode estimular o pensamento criativo.«Os autores do estudo aplicaram uma prova inteligente que lhes permitiu determinar quando exactamente se estimula o raciocínio durante o período de aprendizagem», explicaram. Embora o papel do sonho na criatividade humana continue um mistério, os resultados reforçam a noção de que se deve respeitar os horários do sono.Traduzido e adaptado por:Paula Pedro MartinsJornalistaMNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.