Se é asmático não entre em stresse

Ansiedade quadruplica as crises

03 fevereiro 2005
  |  Partilhar:

 

 

 

Um acontecimento que cause stresse pode multiplicar por quatro a possibilidade de um ataque de asma em dois dias, e quase dobrar as probabilidades de ocorrência durante as sete semanas seguintes.
 

Médicos do Reino Unido pediram a 60 crianças que sofrem de asma que escrevessem diariamente os seus sintomas e depois medissem a sua força respiratória.
 

 

As crianças descreveram durante 18 meses os sintomas de asma e os acontecimentos da sua vida. Uma situação que provoque stress --como uma morte, um nascimento, o divórcio dos pais ou uma mudança de casa – – aumentaram em 4,69 vezes o risco de um ataque de asma nos dois seguintes ao acontecimento.
 

 

Num período de três a dez dias, depois desta situação difícil, não havia risco de crise, afirmaram os cientistas. Entretanto, várias semanas depois, os efeitos poderiam ocorrer novamente. Os asmáticos têm um risco 1,8 vez maior de ter uma crise entre cinco e sete semanas depois de uma situação conflituosa.
 

 

O estudo foi conduzido por Seija Sandberg, do Departamento de Ciências de Saúde Mental do Colégio Universitário de Londres e publicado no «Thorax», da BMA (Associação Médica Britânica).
 

 

Traduzido e adaptado por:
 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.