"Saúde Sem Fronteiras"

Livro nasce de debate ibérico sobre a doença

28 junho 2006
  |  Partilhar:

 

O envelhecimento, a sinistralidade, a ética e a genética, a nutrição, os novos desafios da farmacologia e da enfermagem são alguns dos temas abordados na obra "Saúde Sem Fronteiras", lançada esta semana pela editora Campo das Letras.  

 

A obra nasceu de um ciclo de conferências realizado pelo Centro de Estudos Ibéricos, a Ordem dos Médicos, o Colégio Oficial de Médicos de Salamanca, a Ordem dos Enfermeiros, a Escola Superior de Enfermagem da Guarda e a Associação Nacional de Farmácias.  

 

A coordenação científica do encontro - que decorreu entre Maio de 2004 e Maio de 2005 - e da obra esteve a cargo das Faculdades de Medicina das Universidades de Coimbra e de Salamanca.  

 

Agostinho Almeida Santos, Agustín del Cañizo Fernández-Roldán, Ana María Otero Casal, Meliço-Silvestre, Carlos Alberto Fontes Ribeiro, Cármen López Sosa, Félix Llorente Toledano e Francisco Allen Gomes são alguns dos especialistas com textos na obra que também inclui as comunicações apresentadas por Frederico Teixeira, José Ignacio Paz Bouza, Julián Rivas Gonzalo, Luís San Román del Barrio, Manuel João Quartilho, Manuel Santos Rosa, Helena Saldanha e Nicanor Zapico.  

 

O Centro de Estudos Ibéricos, principal promotor do encontro, é uma associação transfronteiriça sem fins lucrativos formada em Maio de 2001 pela Câmara Municipal da Guarda, Universidade de Coimbra, Universidade de Salamanca e Instituto Politécnico da Guarda.  

 

Fonte: Lusa  

MNI- Médicos na Internet  

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.