Saúde recebe 290 milhões para pagar dívidas mais antigas
21 junho 2001
  |  Partilhar:

Os 290 milhões de contos com que o Orçamento Rectificativo vai beneficiar a Saúde vão ser aplicados na regularização das dívidas às farmácias e laboratórios acumuladas até ao fim de 2000, com prioridade para as facturas mais antigas.
 

 

Segundo o assessor de imprensa de Manuela Arcanjo, João Moreira dos Santos, o pagamento a todos os credores do Serviço Nacional de Saúde (SNS) - a dívida total é de 326 milhões de contos - vai ainda obedecer a um critério de equidade, ou seja, os valores pagos serão proporcionais aos montantes em dívida.
 

 

O Orçamento Rectificativo vai resolver o problema das dívidas dos hospitais aos laboratórios, o qual levou à criação de um grupo de trabalho constituído pela Apifarma e pelo Ministério da Saúde, acrescentou João Moreira dos Santos.
 

 

O porta-voz do gabinete de Manuela Arcanjo adiantou ainda que o montante transferido pelo Orçamento Rectificativo para 2001 é "uma verba acima das expectativas" do Ministério da Saúde, o que "demonstra bem o empenho do governo" para com este sector.
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.