Sanguessugas voltam a uso clínico

Hospitais norte-americanos “ressuscitam” prática secular

15 março 2006
  |  Partilhar:

 

 

As sanguessugas, usadas durante séculos como tratamento, regressaram à prática clínica como poderosos anticoagulantes e calmantes contra a dor, como o provam ultimamente vários hospitais e clínicas nos Estados Unidos.
 

 

O hospital nova-iorquino Continuum Centre for Health and Healing foi o primeiro a aplicar esta terapia inovadora contra a artrite degenerativa, responsável por dores fortes e constantes que afectam cerca de 20 milhões de norte-americanos. Dependente da Harvard University, este hospital concluiu há duas semanas uma investigação sobre sanguessugas iniciada em Outubro passado, com a aplicação do primeiro tratamento em pacientes.
 

 

Durante uma só sessão, cinco ou seis sanguessugas da espécie Hirudo medicinalis, a única com propriedades curativas, mordem a zona afectada e segregam uma substância que acalma a dor e permite recuperar a mobilidade por um período de até seis meses. Paralelamente à dimensão médica, este "instrumento" gerou um negócio próspero com a sua criação e venda desde que a Food and Drug Administration (FDA) aprovou a sua venda como material hospitalar.
 

 

Fonte: Lusa
 

MNI- Médicos na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.