Sangue detecta cancro do cólon em fase precoce

Detectadas moléculas em mais de metade dos pacientes com tumores malignos

17 novembro 2005
  |  Partilhar:

 

Uma equipa norte-americana afirma na revista Proceedings of the National Academy of Sciences ter conseguido desenvolver um novo método de detecção precoce do cancro do cólon e recto, através de uma simples análise ao sangue. Esta análise permite identificar mutações genéticas relacionadas com este cancro em mais de 60 por cento dos pacientes testados, cuja doença está ainda numa fase precoce.
 

 

A equipa coordenada por Bert Vogelstein, do Howard Hughes Medical Institute, nos Estados Unidos, desenvolveu o teste de despistagem de mutações em moléculas muito específicas presentes na polipose adenomatosa recto-cólica - doença caracterizada por pólipos existentes no cólon, que podem tornar-se cancerosos.
 

 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.