Sangue armazenado há 29 dias pode favorecer aparecimento de infecções

Estudo publicado no “American College of Chest Physicians”

04 novembro 2008
  |  Partilhar:

Pacientes que recebem transfusão de sangue armazenado há mais de 29 dias correm mais riscos do que os que recebem sangue recente, aponta um estudo publicado no “American College of Chest Physicians”, nos EUA.
 

 

Cientistas do Cooper University Hospital acompanharam 422 pacientes, entre 2003 e 2006, e verificaram que quem recebeu sangue armazenado há 29 dias ou mais estavam duas vezes mais propensos a contrair infecções.
 

 

Segundo os cientistas, as bolsas guardadas há mais tempo podem provocar problemas de saúde não por carregarem micro-organismos causadores de doenças, mas porque poderiam fabricar proteínas capazes de suprimir o sistema imunitário dos receptores, favorecendo infecções como pneumonia ou septicemia.
 

 

Nos EUA, o sangue pode ficar armazenado por até 42 dias.
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar