Sampaio acha que saúde gasta demais para os resultados que apresenta
12 junho 2001
  |  Partilhar:

Jorge Sampaio considera num artigo de opinião hoje publicado que a comparação internacional mostra que o sistema de saúde em Portugal "envolve custos excessivos relativamente aos resultados obtidos".
 

 

O Presidente faz esta afirmação num artigo de opinião hoje publicado, no qual defende a maximização da utilidade social das políticas de saúde, ainda que isso implique, para algumas pessoas, a perda de privilégios, pois "o interesse colectivo assim o exige".
 

 

Neste artigo, escrito no dia 6 e hoje publicado pelo "Diário de Notícias", Sampaio explica que, mais do que novas leis, o que provoca resultados na melhoria do sistema é a energia, a competência dos profissionais e o planeamento estratégico das organizações.
 

 

Admite que a adopção de modelos inovadores "se defronta muitas vezes com a resistência de grupos profissionais que, talvez não intencionalmente, confundem mudança com perda de direitos".
 

 

Fonte: Lusa

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.