Saltos altos não provocam artrite

Excesso de peso e tabagismo são os principais responsáveis

30 setembro 2003
  |  Partilhar:

Afinal os saltos altos não provocam artrite. Um estudo da Universidade Oxford Brookes, da Grã-Bretanha, referem que são outros os culpados pelos problemas nos ossos.
 

 

O excesso de peso, fumo e contusões nos joelhos podem aumentar os riscos de artrite, de acordo com o estudo, publicado no Journal of Epidemiology and Public Health, uma revista especializada britânica.
 

 

Os investigadores estudaram mais de cem mulheres entre os 50 e 70 anos que estavam em lista de espera para cirurgia aos joelhos e descobriram que a escolha dos sapatos durante os anos anteriores não tem influência na situação actual dos joelhos dessas mulheres.
 

 

Mais de três por cento da população com mais de 55 anos sofre dores fortes em consequência de osteoartrite no joelho. A doença é duas vezes mais comum em mulheres de 65 anos do que em homens da mesma idade. Por isso, os cientistas suspeitaram do uso de saltos altos.
 

 

Biologicamente, os joelhos dos homens e das mulheres não são diferentes. Por isso, os investigadores tentaram descobrir porque razão a incidência da osteoartrite é tão elevada em mulheres. Alguns investigadores já especularam que os saltos altos seriam os responsáveis pela doença.
 

 

As mulheres que participaram no estudo deram pormenores sobre a sua altura e peso na época de escola, entre 36 e 40 anos e entre 51 e 55 anos. Também responderam a perguntas sobre contusões, profissão, tabaco e uso de hormonas contraceptivas.
 

 

No entanto, embora muitos desses factores estejam relacionados a um aumento no risco ao longo dos anos, o uso de saltos altos não faz diferença. O estudo refere que a maioria das mulheres calçou sapatos de salto alto ao longo dos anos, mas que o risco de osteoartrite nos joelhos é baixo.
 

 

Um dos factores preponderantes no aumento de risco, no entanto, é o excesso de peso antes dos 40 anos, que leva a um aumento de 36 por cento no risco de artrite no joelho.
 

Traduzido e adaptado por:
 

 

Paula Pedro Martins
 

Jornalista
 

MNI-Médicos Na Internet
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.