Salmeterol associado a risco elevado de mortes por Asma em crianças

Alerta da FDA

13 dezembro 2007
  |  Partilhar:

 

A Food and Drug Administration (FDA) - a entidade norte-americana que regula a comercialização de fármacos e alimentos - recomendou um reforço nos alertas de segurança sobre o fármaco salmeterol, depois de se terem verificado mortes de crianças que tomavam a medicação para tratamento da Asma.
 

 

Um painel de especialistas da entidade reviu nove novos casos de efeitos secundários verificados em crianças que tomavam o fármaco inalável, incluindo cinco mortes. Os especialistas concluíram que o risco diferenciado em crianças não é levado em conta adequadamente.
 

 

A FDA já tinha lançado um alerta, em Novembro de 2005, sobre o uso de medicamentos agonistas adrenérgicos beta-2 selectivos de longa duração por poderem causar paradoxalmente a exacerbação de crises asmáticas e a morte por Asma.
 

 

No final do mês passado, a organização publicou um novo documento que aponta para o facto de os dados “de triagens clínicas com adultos mostraram um aumento de mortalidade por Asma e crises de Asma severas com o uso de salmeterol.”
 

 

O documento aponta ainda que “o salmeterol pode ter um risco-benefício não favorável no tratamento do paciente pediátrico com Asma”, recomendando, por isso, “uma análise mais profunda e formal dos riscos-benefícios do uso de salmeterol no tratamento da asma pediátrica.”
 

 

ALERT Life Sciences Computing, S.A.
 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentar

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.